Pensando em 2019: elenco do Cruzeiro conta com apenas cinco jogadores em final de contrato

Pensando em 2019: elenco do Cruzeiro conta com apenas cinco jogadores em final de contrato

novembro 8, 2018 0

Com a classificação para a Copa Libertadores de 2019 já garantida, a diretoria do Cruzeiro já pensa na montagem de seu elenco para a próxima temporada. O último objetivo do clube em 2018 é terminar o Campeonato Brasileiro na melhor classificação possível para, assim, garantir mais dinheiro no caixa com a premiação.

Para o ano que vem, apenas cinco jogadores do atual elenco têm seus contratos sendo encerrados no próximo mês de dezembro ou no meio de 2019. O lateral-esquerdo Marcelo Hermes está emprestado pelo Benfica até o final do ano e não deve permanecer, pois não agradou. Os volantes Lucas Silva e Éderson também estão cedidos por outros clubes, Real Madrid e Desportivo Brasil, respectivamente. E para fechar essa lista, o atacante Barcos e o lateral-direito Ezequiel. Todos com vínculos com a Raposa que se encerram no meio da próxima temporada.

A direção do clube pretende se reforçar, principalmente, com um lateral-direito e um esquerdo, além de um atacante que atue pelos lados do campo. Com as prováveis saídas de Marcelo Hermes e Ezequiel, apenas Egídio, Edílson e Lucas Romero, que é volante e atuou improvisado muitas vezes pelo lado direito da defesa, seriam as opções. Por isso a urgência. No setor de ataque, Raniel, David e eventualmente Rafael Sóbis e Sassá podem atuar pelos flancos.

Contratos dos jogadores do atual elenco cruzeirense

Final de 2018 – Marcelo Hermes
Meio de 2019 – Barcos, Lucas Silva, Éderson e Ezequiel
Final de 2019 – Fábio, Egídio, Henrique, Robinho, Rafael Sóbis, Rafinha e Thiago Neves
Final de 2020 – Manoel, Cacá, Edilson, Ariel Cabral, Bruno Silva, Mancuello e Fred
Início de 2021 – Lucas Romero e Patrick Brey
Final de 2021 – Rafael, Brazão, Dedé, Murilo, Arrascaeta e Sassá
Fim de 2022 – Léo, Raniel, David e Vitor Eudes

O zagueiro Dedé e o meia Arrascaeta devem ser os jogadores mais assediados do elenco na abertura da próxima janela do mercado europeu. O defensor, entretanto, garantiu que vai permanecer na Toca da Raposa para o ano que vem. A multa do uruguaio é R$ 120 milhões (ele chegou ao clube em 2015 ao valor de R$ 12 milhões junto ao Defensor-URU, com o apoio de um investidor).