Mano Menezes prioriza manutenção do elenco para 2019, mas quer reforços

Mano Menezes prioriza manutenção do elenco para 2019, mas quer reforços

novembro 10, 2018 0

Já com o planejamento do ano de 2019 em andamento, o Cruzeiro começa a renovar os contratos de alguns de seus principais jogadores, considerados peças importantes no esquema do treinador Mano Manezes, a exemplo do zagueiro Léo que teve seu vínculo estendido até 2022, na última quarta-feira. Agora a diretoria tenta expandir o do meia Thiago Neves. Para o comandante do time, as renovações são mais importantes do que a aquisição de novos nomes para o elenco.

– Para nós termos uma equipe forte, é mais importante (a renovação dos contratos) do que as eventuais chegadas. Talvez, na ânsia de querer trazer alguém você perde alguém tão importante quanto, aí passa a não ter acréscimo, passa a simplesmente trocar. E é isso que se faz nesse período. Avalia, põe na balança, analisa em relação às carências que tem em determinadas posições, um pouco de abundância em outras… Tem que equilibrar o elenco para ter um elenco forte. Não pode ter um setor demasiadamente forte, porque certamente isso vai acarretar falta em algum outro. São os cuidados que estamos tomando em relação a isso – disse Mano Menezes.

O técnico preferiu adotar mistério quando foi questionado sobre as principais carências do time e as posições preponderantes para serem reforçadas.

– Tudo que a gente pensa para 2019, a gente pensa internamente. Não tem sentido tornar essa discussão aberta. Não é respeitoso, não é inteligente. Se você tem interesse em alguém que não está aqui, esse alguém deve estar jogando por seu clube, então, quando você torna isso público, cria uma dificuldade desnecessária para uma negociação futura. Não seria respeitoso, porque acabamos de conquistar a Copa do Brasil e estamos felizes com isso. Quem conquistou foram os jogadores que estão aqui. Não tem sentido ficarmos tratando abertamente. As negociações devem ser discutidas internamente, até porque em muitas delas você pensa e não consegue realizar. Futebol não é dois mais dois.

Últimos seis jogos do time em 2018: Atlético-PR (fora), Corinthians (casa), São Paulo (fora), Vitória (casa), Flamengo (casa) e Bahia (fora). A equipe busca terminar o Campeonato Brasileiro na melhor colocação possível para angariar uma melhor premiação.